Número de visitantes 1231743

ברוכים הבאים

Siga @Mhashamaim


O Alfabeto Hebraico

Agora o site hebraico.pro.br possui vídeo aula para ensinar o alfabeto hebraico. Mais uma novidade para quem quer aprender o idioma. Assista o vídeo e estude as letras e o texto abaixo do vídeo. Logo em seguida assista o vídeo e leia o texto novamente. Bons estudos!

O alfabeto hebraico é muito diferente do nosso.
Não existem vogais... apenas consoantes!
Decore o alfabeto hebraico.

Letra Final

Letra

Som

Nome

 

א

Gutural leve (sem som) Aleph (boi)
 

ב, בּ

B, V Beit (casa)
 

ג

G Guimel (camelo)
 

ד

D Dalet (porta)
 

ה

H Hei (grito)
 

ו

V Vav (Gancho)
 

ז

Z Zayin (arma)
 

ח

Ch (som de R raspando a garganta) Cheit (tufo) (Leia "RReit")
 

ט

T Teit (cobra)
 

י

Y Yod (mão)

ך

כ, כּ

K, Ch (O "k" é normal, o "ch" também é "R" raspando a garganta Kaph (palma)
 

ל

L Lamed (laço)

ם

מ

M Meim (água)

ן

נ

N Nun (peixe)
 

ס

S Samech (apoio)
 

ע

Gutural forte (sem som) Ayin (olho)

ף

פ, פּ

P, F Pei (boca)

ץ

צ

Ts Tsadey (gafanhoto)
 

ק

Q Koph (macaco)
 

ר

R Reish (cabeça)
 

שׁ, שׂ

S, Sh Sin
, Shin (dente)
 

ת

T Tav ou tau (cruz)

Explicações sobre as consoantes

O hebraico é lido da direita para a esquerda, a direção contrária à nossa.

Não existem letras maiúsculas em hebraico.

As vezes, escrevemos uma palavra hebraica com nossas letras, isso se chama transliteração. Lembre-se que sempre que você ver "ch" transliterado do hebraico isso não deve ser lido como "X" em "chamado", mas deve ser lido como um "R" forte, raspando-se a guarganta. Por exemplo, a palavra hebraica "chazaq" (חזק) não deve ser pronunciada como "xazaq", mas sim como "razaq", rapando a garganta no "R". Também a palavra "melech" (מלך) não deve ser lida como "melek" ou "melexi", mas sim como "meler", raspando a garganta no "R".

As consoantes aleph (א) e ayin (ע) não possuem som algum.

A consoante ג que possui som de "G", jamais deve ser lida como "ge", "gi" do português como em "Geraldo", "Girafa", mas deve sempre ser lida como "gue", "gui", parecido com a "get" do inglês.

Algumas consoantes têm um ponto dentro delas, chamado dagesh. Esse ponto altera a pronuncia da letra.

As letras que têm seu som alterado por dagesh são:

Letra

Sem dagesh

Com dagesh

ב Pronuncia-se "V" Pronuncia-se "B"
כ Pronuncia-se "CH" Pronuncia-se "K"
פ Pronuncia-se "F" Pronuncia-se "P"

Existem outras consoantes além das que se encontram na tabela acima que também podem receber dagesh, porém o seu som é sempre igual, com ou sem daguesh. São elas: ד, ג e ת.

Repare na tabela de consoantes, que existe uma coluna chamada "Letra Final". Essa coluna mostra as consoantes que possuem uma forma diferente no final da palavra. Por exemplo, na palavra מים (pronuncia-se maim), a primeira letra é a consoante "meim", e a ultima também é "meim", porém sua forma é diferente por estar no fim da palavra.

As letras ע, ח, ה, א são consideradas guturais, por que eram originalmente pronunciadas dentro da guarganta. Também a consoante ר é considerada gutural às vezes.
Porque não existem vogais?

Sim, você não entendeu errado, no hebraico realmente não existem vogais, só consoantes. Porém se você está começando a aprender hebraico agora não precisa ler sem as vogais. Por isso não continue lendo o texto abaixo, clique em As vogais , para aprender sobre as vogais do hebraico, que são uma ajuda para as pessoas que estão começando a aprender o idioma.

Você deve estar se perguntando: "Como uma palavra pode ser lida sem vogais?". Existem certas regras para isso.

Por exemplo quando uma letra possuir a consoante י (Y) na frente, deve-se acrescentar a vogal "i" à letra.

Exemplos: בּי (BY) deve ser pronunciado como "bi", תי (TY) deve ser pronunciado como "ti", etc...

Quando uma letra possuir a consoante ו (V) na frente, deve-se acrescentar a vogal "o", ou a vogal "u" à letra.

Exemplos: בּו (BV) deve ser pronunciado como "BO" ou "BU", dependendo da palavra em que se encontra e wt (TV) deve ser pronunciado como "TO" ou "TU" dependendo da palavra em que se encontra.

Quando uma letra não tiver as letras י ou ו na frente dela, deve se acrescentar à letra a vogal "a" ou a vogal "e".

Exemplos: שמר (SH-M-R) deve ser pronunciado "shamar", מלא (M-L-Esta ultima letra não tem som) deve ser pronunciado "male".

Quando uma palavra terminar com a consoante ה (H) deve-se acrescentar a vogal "a" ou "e" à letra que está atrás desta consoante.

Exemplos מנה (M-N-H) deve ser pronunciado como "manah", תבנה (T-V-N-H) deve ser pronunciado como "tivineh".

Estas regras, porém não são perfeitas e podem haver excessões. Exemplo חטא (CH-T-Sem Som), pelas regras acima deveria ser lido com "chate" ou "chete", porém é lido como "chote", mesmo não possuindo ו para produzir o som de "o".

Tudo isso pode parecer muito complicado, mas não é. Na verdade o alfabeto hebraico apresenta quase os mesmos problemas do alfabeto inglês. O alfabeto inglês possui consoantes, mas é quase como se não possuisse, como o hebraico. Por exemplo:

Na palavra "bride" o "i" possui um som de "ai" e deve ser lida "braide". Já na palavra "bit" o "i" tem som de "i" mesmo, e deve ser lida da maneira como se escreve: "bit". Na palvra "universe" o "u" possui um som de "iu" e deve ser lida como "iunivers". Já na palavra "under" o "u" possui um som de "ã" e deve ser lida como "ãnder".

Veja então que o alfabeto hebraico não é assim tão estranho quanto parece, nem tão difícil. É apenas uma questão de prática. Porém, se você começou a estudar hebraico agora, não se preocupe como as regras citadas acima e aprenda sobre as vogais. O sistema de vogais é usado para aprender hebraico, até que você se acostume a ler sem as vogais.