Número de visitantes 2635439

ברוכים הבאים

Siga @Mhashamaim

Semivogais

Para entender as semivogais, vamos começar pelo shevá. O shevá são os dois pontos que se encontram a baixo das consoantes. Ex: בְּ.

O shevá pode indicar um som de "e" breve, parecido com o som que está no "p" da palavra "pneu" do português (shevá audível), ou pode indicar que a consoante não tem vogal (shevá mudo).

O shevá é audível quando começa a sílaba. Ex: בְּרֵאשִׁית. Este shevá é audível e deve ser pronunciado assim: "Bereshit"

O shevá é mudo quando encerra a sílaba. Ex: שָׁמַרְתָּ. Este shevá é mudo e deve ser pronunciado assim: "Shamarta".

Quando ocorrerem dois shevá consecutivos como na palavra מֵאַרְצְךָ, o primeiro sempre será mudo, pois está encerrando a sílaba, e o segundo sempre será audível pois está começando a outra sílaba. Neste caso, a pronúncia seria: "Meartsecha".

O shevá sempre será audível quando estiver sob uma consoante reduplicada, quer dizer uma consoante com dagesh (aquele pontinho que existe dentro de algumas letras). Ex: גְּ.

Veja a tabela abaixo com mais exemplos de shevás. "A" significa "audível e "M" significa "mudo".

PalavraSheváPronúncia
אַבְרַםMAvram
שְׁמַרְהֶם1º A, 2º MShemarhem
בְּרִיתABerit
תִּשְׁמְרוּ1º M, 2º ATishmeru

As outras semivogais são: a] Ãa/ Ãa\.

Repare que elas são misturas das vogais com shevás e são chamadas de chatafim.

Meia-vogalNomeSom
אֲchataf patach"A"
אֱchataf segol"E"
אֳchataf qamats"O"