bem vindos

Número de visitantes: 2808567

ברוכים הבאים

www.hebraico.pro.br

Siga @Mhashamaim

Você é professor de Hebraico? Quer ficar mais conhecido e conseguir mais alunos? Clique aqui e saiba como!

Voltar para a página do diretório

Essa é uma tradução da página original de Fred P Miller. Não deixe de ver a página original clicando aqui. Traduzido para o português por Samuel Monteiro.


Tipo de Exibição Usar fonte do Mar Morto   Usar esquema de cores   Sinais massoréticos   Transliterar  

Coluna I
O Rolo de Isaías

Clique nos versículos da imagem para abrir a versão interlinear comparada, com as diferenças entre o Texto Recebido e o Texto de Qumran, tradução, transliteração e narração do texto

Isaías 1:1 até 1:26 Isaías 1:1 Isaías 1:2 Isaías 1:3

O que você vê acima é uma foto-cópia de uma fotografia do Grande Rolo de Isaías de Qumran tirada pela Fundação Albright . O rolo que foi fotografado pela Fundação Albright é do livro completo de Isaías desde a primeira letra até a última, começando com a primeira palavra que você pode ver na parte superior direita, se você entende hebraico. A primeira linha diz: "Chazon Yis'ayahu ben Amots asher chazah 'al yehudah veyerushalayim biy-yomey' Uziyahu", que segue exatamente o texto Massorético, assim como o resto do manuscrito com poucas e raras exceções. Significa palavra por palavra: "Visão de Isaías, filho de Amós, que ele viu sobre Judá e Jerusalém nos dias de Uzias... etc." As poucas variações importantes do texto de Qumran a partir do texto Massorético são devidas a erros do escriba em quase todos os casos e não por ter sido copiado de um texto diferente.

Muitas outras variações são explicadas pelo uso do escriba de Qumran de um sistema de adição de semi-vogais para indicar vogais em uma palavra. Isso explica a maioria das diferenças entre o texto Q e o texto M. Não há vogais, como tal, no Texto Massorético. Para indicar sons de vogais e sílabas abertas, os escribas de Qumran adicionaram frequentemente um vav, um yod ou um hei, ou menos frequentemente, um aleph às palavras para ajudar na pronúncia e no significado. Para ler muitas outras razões legítimas para as muitas variações de "letra a letra" entre o texto de Qumran e o Texto Massorético, leia a introdução à tradução do Grande Rolo de Isaías de Qumran [em breve].

De acordo com uma carta que recebi do curador do Museu de Israel na Universidade de Jerusalém, isto é, O Santuário do Livro, o rolo nunca estará nas condições em que estava quando foi fotografado pela primeira vez pela Fundação Albright, e isso é devido (apesar do extremo cuidado e controle de clima dado à sala onde o rolo é armazenado) à oxidação do couro em que foi escrito e está agora em uma condição escurecida que dificulta a leitura. Sendo assim, esta cópia facsímile é agora melhor para ler do que o original, que provavelmente muitos poucos de nós terão o privilégio de ver.

Voltar para a página do diretório